PANAGASSI ADVOCACIA E ASSESSORIA JURÍDICA 

CIDADANIA ITALIANA - PREPARAÇÃO DE PROCESSOS PARA DUPLA-NACIONALIDADE
E PASSAPORTE EUROPEU

                                                                         


Para saber se você tem direito, como começar o processo, etc...CLIQUE E LEIA os links abaixo relacionados:
 
 
      

Quem tem direito | como começar o processo - Buscas | Retificações - CORRIGIR CERTIDÕES
 
  TEMPO DO PROCESSO E Prazos | Custos - DESPESAS | Cidadania morando na Itália

SERVIÇOS PRESTADOS |
PORQUE PAGAR CONSULTA ?

 

PORQUE PAGAR CONSULTA ?

Talvez possa existir um ou outro site de internet que lhe esclareça gratuitamente detalhes sobre o reconhecimento de nacionalidades com competência e conhecimento. No entanto há outros sites como já constatei e que ainda bem não estão mais na internet que, além de "copiar" ilegalmente meus comentários sem autorização, não citou o meu nome, nem muito menos a fonte dos comentários (endereço do meu site). 
Este “site” dizia até ter "departamento jurídico", com "advogados especializados" (sic), no reconhecimento da cidadania italiana! 

Como se houvesse algum curso de especialização em matéria de reconhecimento de cidadania italiana ou outra nacionalidade, ou fosse necessário ter um “departamento jurídico e “especialistas” para resolver esta questão.  
O que precisa é ter experiência na preparação do processo e não especialização!

As embaixadas, os consulados e patronatos italianos, fornecem  informações gratuitas, pois prestam serviço público e os funcionários destas instituições, ganham salário para atender os descendentes e interessados pessoalmente e/ou pelas suas centrais de telefone (call center). 

O problema é que as informações prestadas por estas instituições ficam muitas vezes a desejar, os interessados em sua grande maioria, não entendem e nem sabem dizer por exemplo sua linha de descendência em detalhes para saber por exemplo se tem direito mesmo, daí procuram um site que presta serviços de cidadania italiana mas que não é escritório de advocacia (o que não é aconselhável) e/ou um escritório de advocacia (meu caso), achando que o advogado(a) que vai atendê-los com a devida atenção e conhecimento, irá orientá-los e esclarecê-los em todo tipo de dúvida sem cobrar absolutamente nada por isso, ou seja, "de graça".

Prezados interessados! Advogado(a) não é funcionário de consulado e de embaixada, NÃO tem patrocínio pra ficar orientando interessados de graça! 

Advogado(a), me desculpe a franqueza, NÃO É  "Balcão de informações gratuitas!" 

O advogado(a) é um Profissional Liberal, tem despesas de seu escritório, da vida, têm que trabalhar para ganhar e sobreviver e pagar contas e impostos como todo mundo e o tempo deste profissional é igual ao tempo de um médico (diga-se, este não precisa ter curso de doutorado pra ser chamado de doutor...engraçado não?) e que antes de te atender na sala dele, cobra consulta na recepção com a secretária, e não garante que vai curar sua possível patologia (doença), ou como nós advogados(as) te dar a "certeza e garantia" que vai "ganhar a sua causa!"

Como advogado e com conhecimento deste trabalho e de outros serviços ligados à área jurídica, também oriento a todos os interessados. Mas para assessorar, esclarecer e orientar cobro honorários de consulta, pois isso é uma prerrogativa, ou seja, é um direito da profissão de advogado(a), e está embasado em lei esse direito.

Sou inscrito como advogado na OAB/SP, Ordem dos Advogados do Brasil e trabalho na preparação de processos para reconhecimento de cidadania italiana há 10 anos. Antes de prestar serviços aos outros, fiz minhas próprias buscas, minhas próprias correções judiciais, etc, pois sou bisneto de italianos, ou seja, antes de prestar serviços para os outros fiz o meu próprio!

Comecei minhas próprias pesquisas e preparação de meu processo de reconhecimento, em janeiro de 1997, onde até hoje, trabalho realizando buscas de certidões, retificações judiciais, etc. 

Sou cidadão italiano reconhecido, pelo Consulado Generale D'Italia em São Paulo, capital, desde o mês de abril de 2004, tenho o passaporte bordô da Comunidade Européia, e tenho conhecimento e experiência nos trâmites de buscas de certidões italianas, alternativas de buscas, na preparação destas mesmas certidões e demais documentos. 

Sei como orientar descendentes e interessados no assunto, mas para fornecer estas orientações como exposto acima, além das já esclarecidas nas páginas de meu site na internet, se faz jus o pagamento de consulta. 

Muitos interessados e leigos no que se refere às prerrogativas de minha profissão, vêem minha abordagem como mero oportunismo de ganhar uns trocados a mais, mas muito pelo contrário, de cada 100 interessados, não mais do que 2, às vezes nem isso, é que tem consciência do que é profissionalismo, dão fé e valor ao meu conhecimento espontaneamente, ou por meio de referências de outros clientes que já prestei serviços. 

Há interessados que reconhecem e pagam pelas informações e assim são esclarecidos em suas dúvidas, desde as mais simples até as mais complexas. Já a grande maioria de interessados, prefere encontrar "alguém" que tenha tempo disponível e lhe forneçam preciosos 10, 15 ou até mais de 20 minutos de total atenção e orientação sem pagar absolutamente NADA por isso!

Resumindo, devido a eu não ser funcionário de nenhuma ONG, e não ter nenhum "patrocínio financeiro" para dispor de meu tempo, não posso atuar de forma filantrópica, ou seja, tenho que cobrar para fazer jus a minha profissão e sobreviver também.

Portanto, se achar o que eu cobro de consulta (valor mínimo de acordo com a tabela da OAB/SP), para dar minha atenção profissional ao seu projeto não vale a pena, ou entenda ser uma "obrigação minha" lhe atender sem cobrar nada e/ou que devo cobrar "barato" os meus honorários advocatícios para trabalhar TODA a burocracia de seu processo, lhe oriento a procurar um outro "profissional" que lhe de atenção gratuitamente e que lhe cobre "barato", e que bem antieticamente concorde em leiloar seus "préstimos profissionais", em verdadeiro aviltamento (que não dá valor) da profissão.

Você também poderá achar outros “sites” que forneçam serviços jurídicos "indiretamente" e que nem advogados são (está cheio na internet), ou seja, que atuam criminosamente a margem da lei, em verdadeiro exercício ILEGAL da profissão. 
Talvez as pessoas que estejam por de trás destes "sites" possam lhe "ajudar" nestas questões pertinentes à área jurídica por exemplo.

Ou até como dizia este outro “site” citado no começo deste comentário, que “garantiam em contrato” (sic) a existência de determinado registro de nascimento, batismo e matrimônio do italiano(a), como coisa que todos que nasceram em tempos remotos ou até hoje em dia, possam ter tido registro efetuado, se casaram na igreja e/ou no registro civil e foram devidamente batizados!

Mais ainda, com pura ou não tão pura ingenuidade assim, dizer que encaminham posteriormente as suas certidões e demais documentos a qualquer "outro" advogado conhecido deles, que nem sequer conversou diretamente com você e muito menos analisou suas certidões e verificou, por exemplo, se você tem direito mesmo, ou se falta outros documentos para poder viabilizar juridicamente seu pedido de correções-retificações judiciais, ou se ao menos sabe o que tem que corrigir e como, e imagine, bem lá na frente, ao final, se vai ter o reconhecimento de sua cidadania italiana ou outra cidadania, pelas autoridades italianas, portuguesas, etc, depois de gastar tanto tempo e dinheiro com este processo...mal feito.  

Espero que compreendam, mas para ouvir as minhas orientações e se preparar para esta atividade que é bem burocrática e cheia de detalhes, não abro mão do meu pagamento de honorários de consulta.

Abraços a todos!

Comentário elaborado pelo advogado: VAGNER PANAGASSI  - OAB/SP Nº. 214.011

Cidadão Ítalo-Brasileiro.
14 anos de experiência na preparação de processos para reconhecimento da cidadania italiana.


Especializações lato sensu em:
MBA em Gestão do Comércio Exterior   e   Direito Internacional e Relações Internacionais.





CONSULTA VIA FONE (SOLICITE O NÚMERO) SOMENTE EM HORÁRIO COMERCIAL DE 
SEGUNDA À SEXTA DAS 9:00 HS ÀS 18:00 HS

    E-mail : consulta@cidadaniaitaliana.com.br

 

Quem tem direito | como começar o processo - Buscas | Retificações - CORRIGIR CERTIDÕES
 
  TEMPO DO PROCESSO E Prazos | Custos - DESPESAS | Cidadania morando na Itália

SERVIÇOS PRESTADOS |
PORQUE PAGAR CONSULTA ?





© Copyright - Todos os direitos reservados